Como sair do sedentarismo de maneira segura e saudável?

Por conta da pandemia que estamos vivendo, muitas pessoas adotaram o isolamento social e passaram a ficar muito mais tempo em casa. Com essa medida, o número de pessoas sedentárias também aumentou muito. Se você é uma dessas pessoas e decidiu que em 2021 sairá do sedentarismo, este post é importantíssimo para você!

No Brasil, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), 47% da população não pratica o mínimo de exercícios indicados para manter o corpo saudável. O mínimo recomendado são 150 minutos por semana.
O sedentarismo é considerado o quarto maior fator de risco para mortes no mundo. Para quem ainda não sabe, doenças cardiovasculares, cânceres, diabetes e vários outros problemas de saúde têm a falta da prática de atividades físicas como uma das causas.
Com a falta de atividades físicas, é comum que um outro problema grave aconteça: o consumo maior de alimentos calóricos e industrializados, hábito que o cérebro adota para compensar a má qualidade de sono, comum em quem é sedentário. 
Mesmo que você ainda esteja preferindo passar seu tempo em casa, evitando as aglomerações das academias, pode praticar os exercícios em seu lar mesmo. Hoje, vários aplicativos disponibilizam séries de exercícios de baixo impacto e que podem ser feitos em casa.
Para começar a se movimentar mais e sair do sedentarismo, procurar uma alimentação adequada também poderá dar mais energia e disposição para a prática. Por isso, algumas dicas alimentares que posso dar para quem quer começar a sair da vida sedentária são:
- Evite alimentos ultra processados, que inflamam o corpo, causam diversos problemas de saúde e diminuem a disposição;
- Aposte na batata doce, carnes magras, frutas cítricas, ovos e cerais: todos estes alimentos fornecem energia e podem potencializar o rendimento dos treinos, ajudar na formação dos músculos e na recuperação após a atividade; 
- Beba muita água: além de ser indispensável na prática do exercício, a água refresca e ajuda a eliminar as toxinas do corpo. Por isso, sempre tenha a garrafinha de água sempre do seu lado.

 Dra. Laira Metzen
Médica
Pós-graduada em nutrologia
CRM - 23556
http://www.lairametzen.com.br/

Depoimentos:

Fale conosco:

* Preenchimento obrigatório

Matérias e artigos relacionados:

  • A obesidade infantil no Brasil

    A prevalência de obesidade infantil no Brasil subiu 240%nos últimos vinte anos. A principal causa é alimentação inadequada e pouca atividade física.
    Saiba mais

  • Suplementos funcionam? Aumentam a imunidade?

    Com o medo gerado pela pandemia do Covid-19, houve um aumento na venda de suplementos de vitaminas e minerais. Mas será que isso é mesmo útil para a saúde? Aumenta mesmo a imunidade? Não gera nenhum prejuízo para o corpo?
    Saiba mais