Dietas radicais x obesidade

As dietas radicais (principalmente as que ficam na moda de tempos em tempos) e o excesso de exercícios físicos nem sempre eliminam a gordura corporal.

Normalmente, em dietas restritivas, deixa-se de comer nutrientes essenciais. Com isso, o corpo passa a usar a massa muscular como fonte de energia, deixando apenas a gordura no corpo.

É importante entender a diferença entre perder peso e emagrecer. Nem sempre perder peso significa emagrecer.

Emagrecimento é quando conseguimos reduzir a quantidade de gordura do organismo, o que nem sempre tem a ver com a balança.

Quando os ponteiros da balança caem, três coisas podem estar acontecendo: 
 1- Você está perdendo gordura (emagrecendo);
 2- Você está perdendo músculos;

3 – Ou você está perdendo apenas líquidos.

Por isso, confiar na balança nem sempre é a solução!

A dica é prestar mais atenção nas suas medidas, já que 5 quilos de gordura são bem mais volumosos do que 5 quilos de músculos.

No emagrecimento rápido, o corpo fica mais leve porque perdeu músculos em vez de gordura.

A reeducação alimentar não é apenas a troca de alimentos durante um determinado tempo. A alimentação deve ser balanceada de forma que cada organismo se adapte sem passar fome. Assim fica mais fácil de emagrecer e não recuperar esses quilos nunca mais.


Mas como? Na visão médica, a obesidade não é considerada “passageira”, mas sim um problema crônico, que deve ser acompanhado e cuidado sempre.

Uma pessoa com sobrepeso que emagrece terá permanentemente uma propensão a engordar, já que esse organismo (que está magro no momento, mas que já foi obeso) sempre estará na luta para recuperar o que foi perdido.


Quando se substitui uma alimentação “pobre” em nutrientes por uma muito nutritiva, o organismo não fica “pedindo comida” para tentar repor as vitaminas que necessita. Partindo desse ponto de vista, fica bem mais tranquilo conseguir perder ou manter o peso.

Quando trocamos nossos hábitos, nosso organismo desincha e se adapta. Dessa maneira, a pessoa conseguirá comer alimentos que jamais comeria antes e gostar deles, melhorando a disposição e energia do corpo, deixando de lado os velhos hábitos.

Depoimentos:

Fale conosco:

* Preenchimento obrigatório

Matérias e artigos relacionados: