Emagrecer sem fome... É possível?


Emagrecer sem fome... É possível?
É sim, adotando uma dieta anti-inflamatória.
Aí você deve estar se perguntando: Inflamação? Como assim? Afinal, quando ouvimos a palavra "inflamação", já pensamos naquela que temos depois de um machucado, tipo de inflamação conhecido como de alto grau, que geralmente tem baixa duração - de 3 a 4 dias. Mas existe a inflamação de baixo grau, causada pela alimentação errada e pode perdurar por anos, sem sintomas específicos.
A ingestão de muitos alimentos "pró-inflamação" pode causar várias doenças crônicas como diabetes, alteração de colesterol e triglicerídeos, obesidade, artrite, entre outras.
Mas como acontece esta inflamação? Alguns nutrientes possuem substâncias que, quando chegam nas células, causam o processo de inflamação. Por exemplo: alguns tipos de adoçante e gorduras vegetais podem desencadear no corpo uma reação de inflamação, pois não reconhece essa molécula sintética .Dessa maneira, o corpo dispara o sistema de defesa e ativa o processo inflamatório causando doenças.
Por isso, a dieta anti-inflamatória, além de proteger seu corpo de doenças crônicas, ajuda no emagrecimento: quando o corpo está desequilibrado e há consumo excessivo de alimentos inflamatórios, as calorias ingeridas não são convertidas em energia de forma eficaz. Ou seja, a pessoa come, mas nunca fica satisfeita. Os alimentos anti-inflamatórios melhoram o funcionamento do organismo e, consequentemente, ajudam na perda de peso.
Agora a pergunta principal: quais são alimentos inflamatórios e quais são anti-inflamatórios?
Alimentos conhecidos com propriedades inflamatórias são, principalmente, os industrializados, os processados, os ricos em açucares, ricos em conservantes, embutidos, refrigerantes, com excesso de glúten, com excesso de sal, a gordura vegetal e a gordura hidrogenada são alguns exemplos
Já as principais comidas com propriedades anti-inflamatórias são a carne de peixe, verduras em geral, água, gengibre, as sementes e grãos integrais, as frutas e os chás verdes.
Mas antes de aplicar a dieta, a dica é consultar um nutrólogo! Afinal, para funcionar, cada dieta deve ser individualizada para evitar prejuízos à saúde!

Dra. Laira Metzen
Médica
Pós-graduada em nutrologia
CRM - 23556
http://www.lairametzen.com.br/
Fonte:
http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0004-27302009000500017&script=sci_arttext
https://www.minhavida.com.br/alimentacao/tudo-sobre/32541-dieta-anti-inflamatoria
http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0004-27302009000500010&script=sci_arttext
https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2019/01/09/entenda-por-que-alguns-alimentos-sao-inflamatorios-e-prejudicam-sua-saude.htm
 

Depoimentos:

Fale conosco:

* Preenchimento obrigatório

Matérias e artigos relacionados: